Subscribe:

29 de jul de 2011

Supernatural - 3ª Temporada

Supernatural -  3ª Temporada
Ano de lançamento: 2007
Número de episódios: 16 (com duração de 40 minutos cada um).


A Terceira temporada de Supernatural, série de televisão americana criada por Eric Kripke, estreou em 4 de outubro de 2007 e terminou em 15 de maio de 2008 após 16 episódios. Os personagens principais são Sam Winchester (Jared Padalecki), Dean Winchester (Jensen Ackles) Ruby (Katie Cassidy) e Bela Talbot (Lauren Cohan). Originalmente, 22 episódios foram encomendados para a terceira temporada, assim como nas demais temporadas, mas a produção foi prejudicada pela greve dos roteiristas entre 2007 e 2008, sendo paralisada no 12° episódio em 5 de dezembro de 2007. A temporada foi encurtada para dezesseis episódios, com quatro novos episódios ao ar a partir de 24 de abril de 2008.

A terceira temporada é dedicada ao último ano de vida - literalmente - de Dean Winchester. Ele vendeu a alma para salvar a vida do irmão, Sam, que fora assassinado. 
Neste último ano de vida de Dean, Sam insiste em procurar meios de salvar a alma de Dean na perdição do inferno, literalmente falando. Dean não vê muita esperança para ser salvo, e isso acaba irritando o irmão mais novo.
Ruby, um demônio que saiu pelos portões do inferno quando Azazel conseguiu abri-los, começa a mexer com a cabeça de Sam, guiando-o por um caminho tortuoso e perigoso. Sam parece resistir, uma vez que está empenhado em salvar a vida do irmão, então Ruby fica em segundo plano.
Eles descobrem que o demônio que tem o contrato de Dean é Lilith, que está bastante empenhada em matar Sam. Eles acabam por se encontrar - Sam, Dean, Ruby e Lilith - no último dia que Dean tinha de vida.
Sam acaba não conseguindo salvar a vida do irmão, e então, o que eles mais temiam acontece: Dean morre e vai para o inferno. Lilith tinha se livrado de Ruby também, e só faltava Sam. Numa investida ela descobriu que seus poderes de nada serviam contra Sam, e foge, amedrontada.
A temporada acaba com o desespero de Dean ardendo nas chamas do inferno - quase que literalmente.

0 comentários:

Postar um comentário